Partilhar

Blocos de Carnaval SP 2019: melhores blocos de São Paulo

Por Julia Latorre. Atualizado: 14 fevereiro 2019
Blocos de Carnaval SP 2019: melhores blocos de São Paulo

Quem disse que São Paulo não tem carnaval de rua é porque nunca teve a oportunidade de seguir um trio elétrico pelas ruas da capital paulista. O bloco de Carnaval é um termo utilizado para designar um grupo de pessoas, que se organizam e se vestem com a mesma fantasia, ou como mais gostarem, e vão desfilar pelas ruas no carnaval. Existem vários tipos de blocos, uns parecidos com escolas de samba, outros afro, em que utilizam aspetos da cultura africana, outros improvisados, em que se junta um grupo de foliões com roupa idêntica ou fantasias improvisadas, entre outros tipos. Para não te deixar perdido no meio da multidão, o umCOMO selecionou dentre os blocos de carnaval SP 2019: os melhores blocos de São Paulo com um apuração por região e bairro.

Melhores blocos do carnaval SP 2019: Pinheiros - Zona Oeste

Cordão Carnavalesco Confraria do Pasmado

O bloco do Cordão Carnavalesco Confraria do Pasmado surgiu de um grupo de amigos que tinha um time de futebol e pouco a pouco tornou-se nada mais, nada menos do que um bloco que consegue reunir cerca de 25 mil pessoas. Apesar de ser originário da Vila Madalena, o sucesso fez com que o bloco passasse a desfilar pelas ruas de Pinheiros, usando a Faria Lima como uma das principais vias.

Este bloco é constituído por um carro de som, bateria, naipe de metais e um carro de apoio com água e cerveja. A fantasia e o bom humor são obrigatórios neste bloco que você poderá encontrar de tudo, samba-axé, samba-canção e samba-enredo - perfeito para todas as idades.

Casa Comigo

Noivas e noivos solteiros e comprometidos pintam de branco o bloco Casa Comigo, no Carnaval de São Paulo, com véus (irônicos ou não). O que importa é que esse bloco cresce em proporções monstruosas a cada ano e já bate ponto na Faria Lima na altura do Largo da Batata. Com repertório eclético que passa por hits do pop brasileiro, samba e forro, a cada ano o bloco tem um tema sempre relacionado ao amor.

Bloco Vou de Táxi

A multidão que marca presença anualmente no desfile do bloco Vou de Táxi, na Zona Oeste de SP, é tomada pelos clássicos que marcaram as décadas de 80 e 90. Nas edições passadas, estima-se que cerca de 50 mil pessoas entraram na muvuca do Vou de Táxi no carnaval de SP.

Rita Leena

O bloco do carnaval de sp que homenageia Rita Lee, grande nome do rock brasileiro, a cada ano ganha mais adeptos que fazem questão de vestir uma peruca colorida e óculos de sol ao estilo Jovem Guarda. Hits como Doce Vampiro, Lança Perfume e Ovelha Negra nunca faltam no repertório que impede o silêncio do bairro de Pinheiros e une gerações de paulistanos.

Bloco do Bastardo

Também ocupa o hall de blocos mais populares da Zona Oeste. O bloco do Bastardo costuma marcar presença nos quatro dias do Carnaval de São Paulo reunindo moradores do bairro e simpatizantes de toda a cidade. O nome do bloco faz alusão a não ter pai cuja ideia é lembrar que todos são bem vindos.

Jegue Elétrico

O Jegue Elétrico nasceu nos anos 2000 e já se consagrou entre os blocos carnavalescos mais populares do carnaval de Sp. Seguindo um jegue figurativo, a galera curte o bloco que circula o bairro de Pinheiros ao som de marchinhas autorais, muitas delas em tom de protesto, e uma energia familiar. Há espaço para crianças, jovens, adultos e vovós.

Blocos de Carnaval SP 2019: melhores blocos de São Paulo - Melhores blocos do carnaval SP 2019: Pinheiros - Zona Oeste
Imagem: Facebook/Bloco Casa Comigo

Melhores blocos do carnaval SP 2019: Vila Madalena - Zona Oeste

Vai Quem Qué

O bloco Vai Quem Qué é um dos maiores fenômenos de carnaval de rua de São Paulo e um dos mais típicos de Pinheiros e Vila Madalena. Este bloco sai à rua há mais de 30 anos nas quatros noites da festa de carnaval, desfilando pelas ruas de Vila Madalena com gente de todas as idades. Marchinhas populares e sambas típicos paulistanos embalam o público eclético que invade as ruas do bairro.

Melhores blocos do carnaval SP 2019: outros bairros da Zona Oeste

Pilantragi

A festa Pilantragi nasceu no bairro da Pompeia, na Zona Oeste, até que o sucesso dos sets brasileiros do Dj Rodrigo Bento foi bombando tanto a ponto da festa se tornar um baita bloco de carnaval de São Paulo regado a música brasileira, purpurina e Catuaba. Clássicos da música brasileira enchem de som as ladeiras dos bairros de Perdizes e Pompeia que são ocupadas por jovens moderninhos vestindo camisas floridos e distribuindo amor.

Urubó

Na Freguesia do Ó, desfila o Urubó, que não deixa morrer toda a tradição e a energia de 'vizinhança da região' com marchinhas e famílias inteiras caindo na folia. Opção ideal para quem tem crianças, quer fugir de multidões mas não abre mão do tradicionalismo.

Melhores blocos do carnaval de São Paulo: Centro

Banda Redonda

Celebrando sua 44ª edição, o bloco Banda Redonda foi fundado em plena ditadura militar, em 1972, com o nome de 'Bandalha', pelo dramaturgo Plínio Marcos. Atores e produtores de teatro são fãs do bloco, que reúne normalmente celebridades como o médico Drauzio Varella.

Os desfiles acontecem pelas bandas da Consolação, geralmente na altura da República.

Tarado Ni Você

'Alguma coisa acontece no meu coração...', e é da esquina da Ipiranga com a Avenida São João que parte o bloco Tarado Ni Você, que homenageia Caetano Veloso apenas com canções de sua carreira no maior estilo tropicália. É daí, aliás, que vem o nome do bloco.

Cada ano uma música específica é homenageada, em 2019 celebra-se também 5 anos de sucesso do bloco que no Carnaval desfila no centro mas durante as festas de pré e pós Carnaval acontece mais na região de Perdizes ou Pompeia.

UMES - Caras pintadas

Este bloco de carnaval é formado pelo grupo oficial da União Municipal dos Estudantes Secundaristas de São Paulo, formado maioritariamente por jovens. O bloco UMES tem sempre conteúdo político nos seus temas e sambas-enredos. Em edições anteriores, já desfilaram com malabaristas, grupos de capoeira, trio elétrico e palhaços. Os desfiles são realizados no Bairro do Bixiga, com centração na sede da UMES/SP.

Afro Ilú Obá de Min

O bloco Afro Ilú Obá de Min é uma intervenção cultural que pretende preservar o patrimônio imaterial, trazendo para a região tradições antigas. O bloco tem uma banda afro só de mulheres e já é o mais conhecido do gênero em São Paulo.

Desfilam normalmente na primeira sexta-feira do mês do carnaval pelas ruas do Centro na região do Anhangabaú e já passou do status de bloco para um verdadeiro espetáculo de mulheres e cultura afro.

Banda do Trem Elétrico

O bloco Banda do Trem Elétrico foi criado em 1981 por metroviários, que se reuniam na área de lazer do pátio da estação Jabaquara. Ao longo dos anos, o grupo foi crescendo com a adesão de mais funcionários do metrô, amigos e parentes. Este bloco desfila perto da Avenida Paulista normalmente na primeira sexta-feira do mês de Carnaval.

Lira da Vila

O bloco Lira da Vila surgiu em 2008, na Vila Buarque. Uma conversa despretensiosa entre um grupo de amigos deu a luz a sua marchinha, logomarca do bloco, estandarte e camisetas. A euforia era tanta, que vizinhos saíram de suas casas e juntaram-se a eles. Ao longo do ano, o bloco organiza encontros mensais para cantar sambas antigos e praticar ritmos tradicionais como a congada e o jongo.

Cordão Cecília

O bloco Cordão Cecília é um dos mais jovens da cidade e foi criado pela Associação Cultural Cecília, uma associação sem fins lucrativos. Este bloco começa o seu desfile ao som de maracatu, frevo e axé e percorre as ruas do Bairro de Santa Cecília.

Acadêmicos do Baixo Augusta

Nem só de rock vive a cena musical da região do 'Baixo Augusta'. Um dos blocos que toma conta da Rua Augusta no Carnaval de SP é o Acadêmicos do Baixo Augusta, que em 2019 tem como lema o bordão 'É proibido proibir'. O repertório promete músicas cuja temática é a defesa da liberdade.

Primavera, Te Amo

A primavera do carnaval paulistano acontece em pleno verão quando o assunto é o bloco Primavera, Te Amo. Hits de Tim Maia, Jorge Ben, Alceu Valença, Reginaldo Rossi e brasilidades do gênero levam à multidão florida a um delírio tropical pelas ruas do Centro de SP, na região da Praça Roosevelt.

O bloco é novinho na fila do pão, assim como tantos, surgiu de uma reunião entre amigos sendo que a ideia inicial era só uma 'festinha'. A festinha aconteceu mais de uma vez durante o ano, fez tanto sucesso e tomou proporções de um bloco digno de ocupar as ruas da capital paulista.

Minhoqueens

Apesar de recente, nascido em 2016, o Minhoqueens já é sucesso absoluto no carnaval de São Paulo, principalmente entre o público LGBT e os simpatizantes da região do Minhocão (Elevado Presidente João Goulart). O que caracteriza o bloco são as fantasias de draq queen, que divertem a todos e ao mesmo tempo pregam o respeito ao próximo acima de tudo. A música fica por conta de uma playlist cheia de hinos de divas como Madonna, Beyoncè, Valesca e Anitta.

Blocos de Carnaval SP 2019: melhores blocos de São Paulo - Melhores blocos do carnaval de São Paulo: Centro
Imagem: Facebook/Tarado Ni Você

Melhores blocos do carnaval sp 2019: Zona Sul

Amigos da Vila Mariana

A Zona Sul também tem Carnaval e é do bom. Um dos bloquinhos mais tradicionais da região é o Amigos da Vila Mariana, que foi fundado em 2002 e preza o samba paulistano. Esta é uma opção ideal para quem quer fugir das multidões mas não abre mão de música boa e tudo aquilo que um bom bloco de Carnaval tem que ter.

Veja também: Os melhores blocos de carnaval do Brasil

Se pretende ler mais artigos parecidos a Blocos de Carnaval SP 2019: melhores blocos de São Paulo, recomendamos que entre na nossa categoria de Festas e Celebrações.

Escrever comentário sobre Blocos de Carnaval SP 2019: melhores blocos de São Paulo

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
talita
O bloco Tô de Bowie não é mais realizado desde 2018...

Blocos de Carnaval SP 2019: melhores blocos de São Paulo
Imagem: Facebook/Bloco Casa Comigo
Imagem: Facebook/Tarado Ni Você
1 de 3
Blocos de Carnaval SP 2019: melhores blocos de São Paulo

Voltar ao topo da página