Partilhar

Os melhores blocos para o Carnaval em Recife e Olinda

Por Julia Latorre, Editora. Atualizado: 22 março 2019
Os melhores blocos para o Carnaval em Recife e Olinda

Além das capitais brasileiras como o Rio de Janeiro e São Paulo, Recife é uma das cidades do Brasil que mais recebem turistas na época do Carnaval. A capital do estado de Pernambuco, entretanto, conta com várias diferenças em relação às festas carnavalescas dos demais lugares.

O Carnaval de Recife é uma das mais famosas e autênticas celebrações carnavalescas no Brasil que não deixa morrer a multifacetada tradição local. Frevo, maracatu e outros gêneros que vieram da cultura negra ditam o ritmo da festa que se divide entre grandes avenidas e o Marco Zero de Recife com as ladeiras de Olinda, onde a multidão acompanha bonecos gigantes e passistas de frevo com sombrinhas coloridas. No Carnaval de Olinda e Recife os blocos são chamados de troças e programação é vasta. É por isso que o umCOMO preparou um guia com os melhores blocos para o Carnaval em Recife e Olinda 2019.

Também lhe pode interessar: Os melhores blocos de Carnaval do Brasil

Como é o Carnaval em Recife

Diferente das grandes festas de Carnaval que acontecem em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro, a capital pernambucana se destaca por ser um dos lugares mais democráticos do país nessa época do ano. Ao invés dos imensos desfiles das escolas de samba, que reúnem grande parte dos foliões, o que é visto pelas ruas do Recife são os blocos de Carnaval, em diferentes pontos e com os mais variados ritmos musicais, permitindo que cada pessoa festeje a data com ao som que preferir. Dessa forma, não é apenas o samba e os ritmos similares que são ouvidos em meio à folia, mas também o rock, o reggae, o frevo, a ciranda, o coco-de-roda, o maracatu, o caboclinho, o manguebeat e o afoxé.

Além disso, para participar do Carnaval em Recife não é necessário pagar nada e nem comprar ingresso, basta escolher entre uma das opções que a cidade oferece, vestir-se de acordo e cair na folia. Os blocos carnavalescos e as agremiações, entretanto, são apenas uma parte da imensa programação de atividades no Carnaval de Recife. É possível ainda conferir o desfile das escolas de samba que, embora não seja um dos destaques, existe e acontece no bairro São José, e mesmo conferir de perto os shows de cantores e conjuntos musicais. Para tanto, basta escolher entre um dos polos do carnaval do Recife.

Polos do Carnaval em Recife

Para descentralizar a festa carnavalesca no Recife, permitindo que todos os ritmos se façam presentes nessa grande celebração, a Prefeitura criou os chamados Polos do Carnaval. Cada um deles recebe apoio do governo municipal para montar a infraestrutura, contratar artistas e divulgar a festa e as atrações do seu polo. Veja quais são os polos que a capital pernambucana oferece:

Polo Recife Multicultural

Na Praça do Marco Zero, existe a festa de Carnaval que reúne um maior número de pessoas interessadas na cultura pernambucana, uma vez que o ritmo que dá o compasso da folia são os mais tradicionais, entre eles, o frevo. Aqui, o mais comum é encontrar as famílias que desejam pular o carnaval. Outras atrações são os blocos de Pau e Corda e o maracatu.

Polo das Fantasias e Carnaval Infantil

Acontece na Praça do Arsenal e direciona-se, principalmente, aos pequenos, que desde criança gostam de pular o Carnaval. Por isso, também é uma grande festa muito familiar onde são realizadas apresentações que remetem aos antigos carnavais, com poesia e inocência. Assim como nos demais polos, existe a presença de artistas regionais e nacionais.

Polo Mangue

Essa festa de Carnaval irreverente e alternativa é realizada na Avenida Cais da Alfândega. Os frequentados são, na maioria, os jovens que apreciam as fusões musicais, que se reúnem na Tenda Eletrônica Manguetown para o Festival Rec Beat, onde além de muita música ocorrem os desfiles do Manguefashion.

Polo de Todos os Frevos

A Avenida Guararapes reúne os apreciadores do frevo, sendo que é aqui onde acontece o desfile de um dos maiores blocos carnavalescos do mundo, o Galo da Madrugada. Outras atrações desse polo são o Corredor do Frevo, o Momomóvel com o Rei e a Rainha do Carnaval Multicultural e as famosas Freviocas.

Polo das Agremiações

Realizado na Avenida Nossa Senhora do Carmo, esse Carnaval conta com samba no pé e frevo. Aqui, uma arquibancada reúne os foliões que torcem pelos desfiles dos clubes de frevo e bonecos, blocos de pau e corda, tribos de índios e muito mais.

Polo de Todos os Ritmos

O Pátio de São Pedro traz a festa de Carnaval que mais reúne ritmos em Recife, como o maracatu, o manguebeat, o afoxé, a ciranda, entre outros. Também acontece a apresentação de orquestras e os desfiles de Ursos e Bois, entre outras atrações.

Polo Afro

O Pátio do Frevo recebe o Carnaval que homenageia a cultura e a história negra, através dos blocos afros, das baterias de escolas de samba, do afoxé e dos shows de reggae. É realizada ainda a belíssima Cerimônia da Noite dos Tambores Silenciosos.

Polo das Tradições

Acontece no Pátio de Santa Cruz, no Domingo de Carnaval, quando o destaque fica para as tradicionais agremiações carnavalescas do bairro da Boa Vista. Mais um momento para celebrar o autêntico Carnaval pernambucano com muitas apresentações artísticas, com músicos nacionais e regionais.

Polos Descentralizados

Como a ideia é promover o Carnaval em todas as partes do Recife, a Prefeitura apoia também as comunidades que desejam fazer a sua própria festa, por meio dos polos descentralizados e mesmo dos polinhos de folia. Alguns dos bairros que recebem essas festas são o Chão de Estrelas, o Alto José do Pinho, o Santo Amaro, o Casa Amarela e outros.

Melhores blocos do Carnaval de Recife 2019 - Programação e outras atrações

Galo da Madrugada

Considerado o maior bloco de carnaval do mundo, o Galo da Madrugada aproveita o amanhecer de Recife no sábado que é conhecido como sábado de Zé Pereira e embala muita gente que passou a noite curtindo os shows que acontecem de graça no Marco Zero de Recife Antigo todas as noites. São milhares de pessoas acompanhando um galo gigante, Patrimônio Imaterial de Pernambuco, ao som de frevo. Além de entrar na multidão, existem também camarotes pagos posicionados no trajeto do Galo da Madrugada para quem prefere mais conforto e uma tranquilidade relativa para curtir o Carnaval de Recife.

  • Quando: sábado (02/03) às 9h
  • Concentração: a partir das 7h no Forte das Cinco Pontas

Carnaval no Recife Antigo: Marco Zero

Durante todos os dias de Carnaval a praça do Marco Zero, na Região do Recife Antigo, tem uma programação intensa de shows e atrações relacionadas a cultura do Carnaval local. Em 2018 Nena Queiroga e Jota Michilles foram homenageados. Todo ano Alceu Valença, Elba Ramalho, Nação Zumbi, Maestro Spok, dentre outros nomes da música pernambucana costumam se apresentar. Vale a pena se programar para assistir a um dos shows no Marco Zero do Recife Antigo.

Aprenda: Como dançar frevo

Os melhores blocos para o Carnaval em Recife e Olinda - Melhores blocos do Carnaval de Recife 2019 - Programação e outras atrações

Como é o Carnaval de Olinda

O Carnaval de Olinda é um dos mais famosos do Brasil. Essa festa colorida e autêntica atrai cerca de 2 milhões de foliões todos os cantos do mundo prontos a percorrerem as ladeiras atrás dos bonecos gigantes e sombrinhas de frevo. O município de Olinda situa-se na zona metropolitana de Recife (PE). Seu Centro Histórico é ponto turístico e está listado pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade

História do Carnaval de Olinda

O Carnaval de Olinda é resultado do também tradicional Carnaval de Recife, que, por sua vez, é fruto da cultura carnavalesca no Brasil. Com o surgimento das celebrações de Carnaval pelo Brasil, trazidas como costume europeu pelos portugueses, as festas aos poucos foram se moldando às necessidades de cada lugar e pessoas que lá viviam.

Em Pernambuco, o entrudo português, que era o Carnaval dos portugueses, incorporou costumes africanos das pessoas que lá viviam e adotou o frevo no século 19. Foram então surgindo as agremiações carnavalescas nos bairros de Recife, a capital do Estado.

O Carnaval de Olinda começou quando os clubes carnavalescos começaram a nascer por lá, os primeiros registrados são o Clube Carnavalesco Misto Lenhadores e o Clube Carnavalesco Misto Vassourinhas, fundados em 1907 e 1912, respectivamente.

A folia foi se consagrando e em 1932 tem se o registro do primeiro boneco de Olinda: o Homem da Meia-Noite, que hoje é considerado um marco de abertura no Carnaval de Olinda.

Bonecos de Olinda

Bonecos de até mais que dois metros de altura costumam liderar os blocos do Carnaval de Olinda. A tradição desses bonecos é uma herança da cultura europeia que usava bonecos gigantes para fazer cortejos religiosos realizados desde o século 15.

Os bonecos podem representar desde personalidades famosas no Brasil, como políticos, jogadores de futebol e personagens históricos, até tradições folclóricas e históricas. O Homem da Meia-Noite e a Mulher do Dia são alguns dos mais famosos bonecos a desfilarem pelo Carnaval.

Madeira, papel e tecido são os principais materiais de confecção dos bonecos. Sua altura média é de 2 metros de altura. E não é qualquer um que pode sair por aí "vestindo" o boneco.

Conduzir os gigantões requer prática, habilidade, força, condicionamento física e resistência ao calor médio 35 graus que toma conta das ruas ou às chuvas de verão que escorre pelas ladeiras do Centro Histórico.

A folia no Carnaval de Olinda

No geral o Carnaval de Olinda é muito democrático, não tem hora marcada para começar nem acabar. Mas costuma bombar a partir das 12h. A faixa etária é aberta. Você vai encontrar famílias com crianças, grupos de jovens e até idosos que não perdem a tradição do Carnaval.

Diferente do Carnaval de Salvador, a grande maioria dos cerca de 500 blocos que saem por Olinda são gratuitos. Você não precisa adquirir entradas antes, basta entrar no meio da folia. Entretanto, alguns blocos têm tradições especiais, e se você quer ficar por dentro é bom se atualizar antes para evitar surpresas. No bloco "Mangue Beat",conhecido como Bloco da Lama, por exemplo, a graça é desfilar coberto de lama pelo corpo. Ou o já consagrado bloco "Enquanto isso na Sala da Justiça", cujo tema são super-heróis.

Outra diferença perante o Carnaval de Salvador é a ausência de trios elétricos. Os blocos se formam atrás dos bonecos, das bandas e dos dançarinos, que desfilam no chão no meso nível do público.

Quanto aos ritmos, o mais marcante quando se menciona o Carnaval de Olinda é o frevo, uma mescla de maxixe, marcha e capoeiras com sons metálicos e alegres. A dança do frevo é o que faz dele ainda mais especial, os dançarinos fazem movimentos enérgicos e acelerados marcados por saltos rápidos. Um dos principais componentes do figurino é uma pequena sombrinha em cores primárias que acompanha a todo o tempo o passo dos dançarinos. Seja sendo jogada aos ares ou passando por entre as pernas entre um salto e outro. Em 2012 o frevo foi declarado Patrimônio Imaterial da Humanidade.

Além do frevo, o maracatu e o afoxé também são ritmos típicos do Carnaval de Olinda, ambos herança da cultura africana que permanece forte no nordeste do Brasil. A noite dos tambores silenciosos é uma das mais lindas e famosas manifestações da cultura negra no Carnaval de Olinda. Grupos de maracatu de todo o Pernambuco se reúnem para tocas os tambores e louvar os ancestrais africanos. À meia-noite as luzes são apagadas e todos ficam em silêncio, só se ouve a batida dos tambores.

Abaixo você confere uma seleção dos blocos mais famosos de Olinda:

Melhores blocos do Carnaval de Olinda 2019 - Sábado

Homem da Meia-Noite

Considerado Patrimônio Vivo de Pernambuco, é o Homem da Meia Noite que inaugura oficialmente o Carnaval de Olinda no primeiro minuto do sábado de Carnaval. Ao som de bom frevo e referências à cultura negra a multidão percorre as ladeiras da Cidade Alta seguindo um boneco gigante de 3,5 m de altura e 50 kg madrugada a dentro.

  • Quando: nosábado (02/02) ás 0h (meia-noite)
  • Concentração: Estrada do Bonsucesso, 132 (Sede do Homem da Meia-Noite)

Mangue Beat

Da lama ao Carnaval... Desde 1996 pelas manhãs as ladeiras de Olinda são ocupadas por foliões cobertos de lama e argila curtindo maracatu e frevo na maior animação.

  • Quando: sábado (02/03) a partir das das 9h
  • Concentração: Mosteiro de São Bento, Olinda

Hoje a Mangueira Entra

O bloco Hoje a Mangueira Entra é uma homenagem à tradicional escola de samba Mangueira e traz um pouco da energia carioca para as ladeiras de Olinda com sua bandeira e as cores verde e rosa.

  • Quando:
  • Concentração:

Bloco Eu Acho é Pouco

O bloco Acho é Pouco foi criado em 1977 como crítica à ditadura militar e à redemocratização do país e já foi considerado o melhor de Pernambuco. Este bloco é um dos mais irreverentes do carnaval de Pernambuco e tem como alegoria um grande dragão chinês e as cores do bloco são o vermelho e o amarelo.

  • Quando:
  • Concentração:

Esses Boy Tão Muito Doido

Desde 2008 um grupo de jovens decidiu que precisava de um espaço no Carnaval de Olinda para festejar a juventude com uma energia mais alternativa e psicodélica. Além de promover festas em Olinda durante o ano, o bloco 'Esses Boy Tão Muito Doido' reúne jovens descoladinhos e promove uma festa open bar na concentração do bloco. Em 2018 o lema 'Passa a Bola, Romário' fazia alusão à Copa do Mundo.

  • Quando: 02/03, a partir das 10h
  • Concentração: Polo das Olandas
Os melhores blocos para o Carnaval em Recife e Olinda - Melhores blocos do Carnaval de Olinda 2019 - Sábado

Melhores blocos do Carnaval de Olinda 2019 - Domingo

Enquanto Isso na Sala da Justiça

O bloco Enquanto Isso na Sala da Justiça surgiu em 1994, numa conversa entre amigos que planejavam se fantasiar de super-heróis e personagens de banda desenhada. Desde então bloco cresceu e agora reúne super-heróis e agregados cuja missão é curtir o Carnaval de Olinda ao máximo.

  • Quando:
  • Concentração: Alto da Sé

Sugestão: Como fazer uma fantasia de Batman

Mulher do Dia

A Mulher do Dia foi criada para fazer companhia ao Homem da Meia-Noite mas costuma fazer sucesso aos domingos com o público que prefere os desfiles matinais. A bonecona já tem mais de 50 anos, mede 1,50 m e pesa 40 kg.

  • Quando:
  • Concentração: Academia de Jorge Federal a partir das 10h

I Love Cafusú

O bloco de I Love Cafusú já tem mais de 10 anos de experiência em desfiles. A ideia deste bloco surgiu dos cafusú, que é como as mulheres de Pernambuco chamam os homens machões. Em 2018 podemos considerar que este bloco foi uma verdadeira tiração de sarro com o vergonhoso 'orgulho heterossexual'. Para entrar na brincadeira a galera gosta de se fantasiar de estereótipos de homens heterossexuais.

  • Quando: domingo, 03/02 às 12h
  • Concentração: Alto da Sé

Nas prévias do carnaval de 2018 dois shows já foram confirmados, sendo eles Tati Quebra Barraco e Olodum. O Baile de Gala do I Love Cafusú, já tem data marcada para 2 de Fevereiro no Clube Internacional a partir das 22h.

Sambadeiras - Samba de Ladeira

No meio de tanto frevo, é claro que há espaço para o samba. O bloco Sambadeiras - Samba da Ladeira foi criado em 2008 e o seu nome faz alusão às ladeiras da cidade de Olinda, Pernambuco. Este bloco é composto por mulheres que pretende apresentar canções de grandes compositores brasileiros, tocadas em ritmo de samba. As cores deste bloco são o lilás e o branco.

  • Quando:
  • Concentração: Ladeira da Misericórdia
Os melhores blocos para o Carnaval em Recife e Olinda - Melhores blocos do Carnaval de Olinda 2019 - Domingo

Melhores blocos do Carnaval de Olinda 2019 - Segunda-feira

Apoteose dos Bonecos Gigantes

A segunda-feira de manhã é o momento ideal para admirar o desfile de 50 bonecos gigantes que representam personalidades brasileiras e internacionais como Alceu Valença, Michael Jackson, Obama, entre outros, programa para a família inteira no Carnaval de Olinda.

  • Quando: segunda-feira, 12/02 às 10h
  • Concentração: Alto da Sé

Encontro de Maracatus de Baque Solto

Maracatus rurais de diversas partes do Estado de Pernambuco se reúnem para um verdadeiro espetáculo a céu aberto mostrando que nem só de frevo vive o carnaval olindense, mas também da cultura dos trabalhadores do interior do estado. Todos são bem vindos, encanta todas as idades.

  • Quando: segunda-feira, 04/03 às 10h
  • Concentração: Praça Ilumiaria Zumbi, Olinda

Pitombeira dos Quatro Cantos

O quarteirão conhecido como Quatro Cantos de Olinda é o ponto mais badalado da cidade no Carnaval, é por lá que a maioria dos blocos passa e uma dica de ponto de referência para quem vai sem roteiro definido. A área dá nome a troça da Pitombeira dos Quatro Cantos, que desfila desde 1947 entoando cantos tradicionais carnavelescos que se renovam a cada ano e hoje está entre os blocos mais tradicionais do Carnaval de Recife.

  • Quando: segunda-feira, 04/03 às 10h
  • Concentração: Praça 12 de março, Olinda
Os melhores blocos para o Carnaval em Recife e Olinda - Melhores blocos do Carnaval de Olinda 2019 - Segunda-feira

Melhores blocos do Carnaval de Olinda 2019 - Terça-feira

A Corda

O bloco A Corda tem um estilo bem próprio no carnaval de Olinda. Eles se costumam concentrar de manhã bem cedinho, são mais barulhentos do que o próprio musical e têm como brincadeira irem acordar outros foliões. Os participantes do bloco se fantasiam com roupa de dormir, pijamas, toucas, travesseiros, robes e baby-dolls. Este bloco costuma sair na terça-feira de carnaval

  • Quando: 05/03, às 7h
  • Concentração: Ladeira da Misericórdia

Ceroula de Olinda

Essa troça carnavalesca é uma das mais tradicionais de Olinda, já que existe desde 1962. O nome surgiu em uma outra brincadeira com um bloco já existente a Troça de Pijama. Acompanhar a Ceroula de Olinda é a atração ideal para quem quer curtir o que há de mais típico no Carnaval pernambucano.

  • Quando: 05/03, às 16h
  • Concentração: Av. Joaquim Nabuco, 1392, Olinda

Mulher na Vara

O bloco Mulher na Vara já conta com mais de 20 anos de desfiles e surgiu quando uma das foliãs que estava no bloco Tá Maluco torceu um tornozelo. Os seus amigos ajudaram-na arranjando uma vara de goiabeira, em que a mulher foi carregada durante o resto do desfile. Este acontecimento atraiu atenções e foliões gritavam "Olha a mulher na vara" e daí o bloco. Desde então mulheres corajosas desafiam as ladeiras em pernas de pau e varas de bambu

  • Quando: 04/03, às 11h
  • Concentração: Rua da Boa Hora - Varadouro, Olinda

Melhores blocos do Carnaval de Olinda 2019 - Quarta-Feira de Cinzas

Bacalhau do Batata

O Bacalhau do Batata é dos blocos de Carnaval mais famosos do Brasil por arrastar os foliões que ainda têm energia para mais um dia de frevo e maracatu. A história do bloco, que tem como símbolo um bacalhau, conta que ele foi criado por um garçom que trabalhava durante todo o Carnaval e resolveu criar uma troça para sair no seu dia de folga. O apelido do garçom era Batata.

  • Quando: 14/02, quarta-feira de cinzas, às 7h
  • Concentração: Alto da Sé, Olinda

Munguzá de Zuza Miranda

Passistas, malabaristas, bonecos gigantes e uma excelente orquestra de frevo animam a troça do Munguzá de Zuza Miranda que já tem 23 anos de história e ficou famosa por alegrar a quarta-feira de cinzas no Carnaval de Olinda. Não bastasse isso, tem munguzá (canjica) para muita gente. O quitute que dá nome ao bloco é distribuído aos foliões para adoçar e dar mais energia à jornada carnavalesca.

Veja também: Os melhores blocos de Carnaval do Brasil

Se pretende ler mais artigos parecidos a Os melhores blocos para o Carnaval em Recife e Olinda, recomendamos que entre na nossa categoria de Festas e Celebrações.

Escrever comentário sobre Os melhores blocos para o Carnaval em Recife e Olinda

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Fernanda
Essa matéria está com as datas erradas, não está?
Julia Latorre (Editor/a de umCOMO)
Oi, Fernanda. Como a agenda oficial ainda não tinha saída, as datas estavam desatualizas. Quase todos os blocos já estão com a data de 2019 a partir de hoje. Obrigada pelo comentário!

Os melhores blocos para o Carnaval em Recife e Olinda
1 de 5
Os melhores blocos para o Carnaval em Recife e Olinda

Voltar ao topo da página