menu
Partilhar

Qual é a origem do Carnaval?

 
Por Juliana Ribeiro. 8 março 2022
Qual é a origem do Carnaval?

Por alguns dias, máscaras, fantasias, desfiles, bailes, festas e algum desenfreio tomam conta das ruas de cidades ao redor do mundo. É o Carnaval que quando chega, quebra a monotonia, que se aproxima do fim, colocando uma nota de cor em forma de explosão de alegria misturada com alguma sátira e crítica aos problemas de cada dia.

Hoje, o Carnaval é sobretudo uma festa muito popular e o momento ideal para dar asas à imaginação através de fantasias originais. No entanto, é na verdade uma celebração com raízes em culturas antigas. Se você quer saber mais sobre qual é a origem do Carnaval, continue lendo este artigo do umCOMO onde revisamos alguns dos carnavais mais famosos do mundo em países como o Brasil, a Itália, a Espanha e o Equador.

Também lhe pode interessar: Os melhores blocos de Carnaval do Brasil

Qual a origem do Carnaval?

Existem diferentes teorias sobre a história do Carnaval, mas todos os historiadores concordam que é uma festa antiga, que poderia até ter surgido há mais de 5.000 anos. A seguir, revelamos as diferentes culturas e épocas a que se atribui a origem do Carnaval e, portanto, a criação desta tradicional festa que ainda hoje se celebra e que faz tanto sucesso ao redor do mundo:

  • O povo sumério: sabe-se que os antigos povos camponeses sumérios agradeciam a fertilidade da terra dançando com máscaras ao redor de uma fogueira, nos dias em torno da colheita da safra.
  • Roma Antiga: avançando no tempo, a origem do Carnaval também está relacionada às festividades que aconteciam na Roma Antiga em homenagem ao deus Saturno. Era a Saturnália, uma festa em que, por alguns dias, não faltavam nas ruas e praças danças e banquetes com comida e bebida em abundância.
  • A Idade Média: parte desses vestígios do que essa festa poderia ter sido nos tempos antes de Cristo, a história do Carnaval, como a conhecemos, parte da Idade Média, porque eram os dias que antecederam o início da Quaresma, o período que, segundo a Igreja Católica, deve ser o jejum e a abstinência em preparação para a celebração da Páscoa. Na verdade, a palavra Carnaval deriva das palavras latinas 'carnem' 'levare' que significa 'tirar a carne'. Se a Quaresma implicava reflexão e sacrifício, o Carnaval, como período anterior, era o momento da diversão e permitia os excessos. Graças ao anonimato das máscaras, danças e festas foram compartilhadas, pessoas de todas as classes sociais puderam ser atrevidas, aproveitando também para criticar sarcasticamente qualquer problema que afetasse a sociedade da época.

Carnaval na Espanha

Ao longo dos séculos, o Carnaval se estabeleceu em todo o mundo, fundindo-se com as tradições e costumes de cada lugar. Na Espanha, também durante a Idade Média, os carnavais aconteciam, com maior ou menor destaque, em inúmeras localidades.

Agora, de acordo com a história do Carnaval, seu auge ocorreu no período renascentista, ao se vestir e cobrir o rosto com máscaras, para disfrutar de total permissividade antes que a estrita Quaresma, seja por pudor ou medo de represálias, se tornou uma prática costumeira.

Na Espanha, os tradicionais bailes de máscaras foram introduzidos na época de Carlos II, deixando a terça-feira anterior à Quarta-feira de Cinzas (início da Quaresma) como o grande dia do Carnaval.

Carnaval de Cádiz

É um dos mais tradicionais da Espanha e um dos mais antigos, pois acredita-se que a origem do Carnaval de Cádiz remonta ao século XVII, com as primeiras explosões carnavalescas. Ao longo da história, foi proibido em diferentes ocasiões, mas o espírito do Carnaval de Cádiz permaneceu inalterado.

Aos trajes originais devemos acrescentar os tradicionais chirigotas, com os quais o povo de Cádiz, com sua música feita com instrumentos muito básicos e as letras incisivas de suas canções, fazem da festa um carnaval divertido e único.

Carnaval de Santa Cruz de Tenerife

Também nas Canárias, o Carnaval é uma festa profundamente enraizada, com desfiles originais e as inconfundíveis murgas e comparsas, semelhantes às chirigotas de Cádiz, que exibem toda a sua graça e engenho nas diferentes galas e espetáculos que se celebram.

O Carnaval de Santa Cruz de Tenerife, declarado Festival de Interesse Turístico Internacional em 1980, é uma explosão de cor e alegria que invade as ruas, além disso, acontecem nestes dias diferentes eventos, como a eleição da rainha do Carnaval, um desfile espetacular onde as aspirantes a rainha usam trajes maravilhosos.

Se você se interessou pela origem do Carnaval da Espanha e quer conhecer outras festas do país, leia também o nosso artigo sobre as festas mais populares da Espanha.

Qual é a origem do Carnaval? - Carnaval na Espanha

Carnaval de Veneza

O cenário único da impressionante Veneza, a elegância das suas máscaras e os trajes tradicionais do Carnaval fazem com que esta celebração atraia milhares de visitantes de todo o mundo todo mês de fevereiro. A origem do Carnaval de Veneza foi em meados do século XIII, quando foi declarado feriado.

Embora a sua época de esplendor tenha chegado no século XVIII, quando a nobreza da época, aproveitando o anonimato das máscaras, compartilhava a festa, totalmente desinibida, com o resto da população. Por ser diferente de todos os outros, curtir o Carnaval de Veneza é uma experiência inesquecível.

Qual é a origem do Carnaval? - Carnaval de Veneza

Origem do Carnaval no Brasil

Considera-se que a origem do Carnaval brasileiro se deu graças à chegada dos primeiros marinheiros europeus, principalmente portugueses e espanhóis, fundindo-se rapidamente com a cultura nativa e dando origem a um dos carnavais mais coloridos, alegres e espetaculares do mundo.

Durante o Carnaval do Rio de Janeiro, diferentes escolas de samba se preparam o ano todo para este momento de muita cor e alegria, percorrendo a cidade enchendo as ruas de ritmo, dança, alegria e vida. Para saber mais sobre essa incrível festa internacional, leia nosso post Como se comemora o Carnaval do Rio de Janeiro.

Qual é a origem do Carnaval? - Origem do Carnaval no Brasil

Carnaval no Equador

A origem do Carnaval no Equador e de muitas das festas tradicionais desta cultura está relacionada com o ciclo agrícola e a colheita das safras, uma característica que ainda está muito presente nesta festa particular, que é vivida com intensidade em muitos lugares de todo o país, como Quito, Guaranda, Ambato ou Guayaquil.

Aqui também não faltam bailes, desfiles com máscaras e o colorido dos trajes originais. Nos jogos carnavalescos, que acontecem nas ruas, os participantes jogam água, farinha ou ovos uns nos outros em uma divertida festa popular que ninguém resiste.

Se você gostou deste post sobre qual é a origem do Carnaval e quer saber mais sobre o tema, recomendamos que leia nossos posts sobre As melhores fantasias para o Carnaval. E se quiser continuar lendo mais sobre a história do Carnaval, veja também Como era o Carnaval antigamente.

Qual é a origem do Carnaval? - Carnaval no Equador

Se pretende ler mais artigos parecidos a Qual é a origem do Carnaval?, recomendamos que entre na nossa categoria de Festas e Celebrações.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Qual é a origem do Carnaval?
1 de 5
Qual é a origem do Carnaval?

Voltar ao topo da página