Partilhar

Anel solitário: significado e para que serve

 
Por Ketlyn Araujo. Atualizado: 3 novembro 2020
Anel solitário: significado e para que serve

Muitos são os clientes que vão a joalherias em busca de um anel solitário, porém poucos são aqueles que realmente conhecem o significado que possui essa apreciada e preciosa joia, bem como para que ela costuma ser utilizada. Se você quer surpreender seu parceiro ou parceira com o anel de compromisso perfeito, é importante conhecer os conceitos e diferenças entre as peças disponíveis por aí.

A seguir, aqui no umCOMO, te explicamos o significado do anel solitário e para que serve. Conhecendo os segredos dessa peça da alta joalheria, você poderá escolher o anel solitário perfeito para deixar a pessoa amada sem palavras.

Também lhe pode interessar: Que aperitivos servir em uma festa infantil

Anel solitário significado

Ainda que os anéis do tipo solitário sejam uma das joias mais compradas e presenteadas, nem todo mundo sabe exatamente qual o significado por trás dessa peça. Para começar a entender o significado do anel solitário, devemos saber que ao falar "solitário" estamos basicamente explicando a maneira como a pedra está posicionada na joia. Ou seja, qualquer joia que conte com uma pedra única pode ser chamada de solitário. Podemos encontrá-los em colares, pingentes, pulseiras... porém, a peça que, por excelência, é conhecida como solitário é o anel e ele normalmente é usado como um anel de compromisso.

Características do anel solitário

O anel solitário é uma joia relativamente simples, composta por um aro de metal, geralmente de ouro branco ou amarelo, com uma pedra cravejada. Essa pedra pode ser tanto preciosa como o diamante, o rubi, a esmeralda ou a safira, quanto semipreciosa, caso da pérola, da ametista, da malaquita, do topázio, entre outras.

Uma vez selecionados o aro e a pedra, as opções e modelos de solitário são infinitas, já que as pedras podem estar lapidadas de diferentes formas, ovaladas, em forma de coração, esmeralda, tipo pêra, e a cor varia dependendo da pedra escolhida para criar o anel.

Se você quer acertar na compra do anel solitário, deve levar em conta algumas características da pessoa amada, como o tamanho da mão e dos dedos. Essas características, além do gosto da pessoa que irá receber o presente, vão determinar como deve ser o anel de compromisso perfeito.

Lembre-se de que, por outro lado, mesmo que essa joia não tenha sido pensada para uso diário, ela deve se adaptar perfeitamente ao dedo da mão receptora para evitar que se mexa ou se perca. Afinal, o anel solitário foi pensado para brilhar em qualquer evento, como símbolo de compromisso entre um casal.

Anel solitário: significado e para que serve - Anel solitário significado

Para que serve o anel solitário

O anel solitário é uma peça de joalheria que conta com uma grande história por trás. Tradicionalmente, o anel solitário serve para simbolizar o compromisso e a fidelidade entre um casal e, por isso, se tornou elemento indispensável em qualquer pedido de casamento. O anel de compromisso é, assim, o primeiro passo em direção ao matrimônio. O diamante localizado no centro representa a pureza e a fortaleza, dois conceitos diretamente relacionados ao compromisso.

História do anel solitário

Para encontrarmos os primeiros anéis solitários da história, devemos voltar ao ano de 1477, quando Maximiliano I da Áustria, Rei dos Romanos e Imperador do Sacro Império Romano Germânico, decidiu se casar com Maria de Borgonha. Para mostrar seu poder e conseguir selar o compromisso, ele deu a ela um anel de metal com um diamante cravejado.

Esse é considerado o primeiro anel de compromisso da história e, sem dúvidas, um marco na joalheria. Foi, afinal, esse gesto de Maximiliano I da Áustria que se converteu em toda uma tradição cheia de significado. Não há uma só pessoa, que deseja se casar, que não fique emocionada ao receber um anel de noivado quando é pedida em casamento.

Anel solitário: significado e para que serve - Para que serve o anel solitário

Como escolher o anel solitário perfeito

Agora que você já sabe o que é, para que se utiliza e a história por trás do anel solitário, deve levar em conta certos aspectos para escolher o anel de compromisso que deixe sua alma gêmea sem palavras. Para acertar em cheio, o principal é conhecer perfeitamente a mão na qual ele será colocado. Por isso, não deixe de prestar atenção no tamanho do dedo. Siga as dicas do nosso artigo para não errar na escolha do tamanho do anel solitário.

Por outro lado, na joalheria você deverá selecionar o tipo de aro de metal e a pedra que melhor irá se adaptar à mão da pessoa, levando também em consideração o gosto pessoal dela. Escolher um anel personalizado é uma forma de acertar no presente, recriando o amor do casal em forma de anel. Lembre-se de que o anel solitário é um símbolo de compromisso, e por isso recomendamos que você aposte em uma peça exclusiva e elegante, que irá adaptar-se ao estilo da mão que irá recebê-la. Existem modelos clássicos, ousados, sofisticados ou que são tendência. Escolha o que combine com a personalidade da pessoa que vai receber.

Leve em consideração que o anel solitário será protagonista de um dos momentos mais emocionantes, emotivos e românticos da vida do casal, e será ponto de partida para que vocês iniciem um novo caminho juntos ou juntas. Por isso, escolha um anel solitário capaz de representar com perfeição a relação de vocês, além de ser um reflexo da personalidade da sua alma gêmea. Assim, você vai acertar em cheio!

E, depois do pedido, é hora de começar a planejar o grande dia. Com ajuda do umCOMO, descubra como planejar um casamento simples, já que o momento não é para grandes celebrações. O que importa é o amor envolvido no momento.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Anel solitário: significado e para que serve, recomendamos que entre na nossa categoria de Casamentos e Festas.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Anel solitário: significado e para que serve
1 de 3
Anel solitário: significado e para que serve

Voltar ao topo da página