Partilhar

Como surgiram as festas juninas

Por Paula Cassandra. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como surgiram as festas juninas

Hoje em dia, no Brasil, a festa junina, é sempre celebrada no mês de junho e tem como objetivo homenagear três santos católicos. São eles: São Pedro, João Batista e, o mais conhecido, Santo Antônio, que tem a fama de casamenteiro. Porém, para saber como surgiram as festas juninas é preciso viajar pelos séculos e chegar aos anos anteriores à era cristã, quando está registrada a origem do evento. Para saber mais sobre o assunto, veja as informações que o umComo.com.br reuniu.

Também lhe pode interessar: Como se vestir para Festa Junina
Passos a seguir:
1

Assim como muitas festas religiosas que são celebradas até os dias de hoje, a origem da festa junina é pagã, ou seja, de um povo que cultuava vários deuses e não apenas um como acontece com a maioria das religiões atuais. No hemisfério norte, a origem da festa está associada com as diversas celebrações realizadas no solstício de verão, que se refere ao dia mais longo e com a noite mais curta do ano, que lá acontece nos dias 21 ou 22 de junho. Esse período é também marcado pelo início das colheitas e, por isso, os povos da Antiguidade, como os egípcios e os celtas, faziam rituais para pedir fartura.

Como surgiram as festas juninas - Passo 1
2

Mesmo com o advento do cristianismo, quando as festas pagãs foram proibidas, os povos continuavam com as suas antigas crenças e celebrações. Por isso, aproximadamente no século 10, na Europa, a igreja resolveu adaptar essas festas, afim de cristianizá-las. Assim, ao invés de celebrar a fertilidade foram incluídos na mesma data a homenagem aos três santos citados. Além disso, é importante dizer que as festas juninas não surgiram no Brasil apenas devido à colonização dos povos europeus, já que, curiosamente, os índios daqui também realizam, na mesma época, festas parecidas, mesmo que no Brasil o mês de junho marque o início do inverno.

3

De qualquer forma, historiadores têm indícios de que os índios comemoravam a agricultura no mês de junho com danças, cantos e muita comida. Desse modo, como acontece com uma grande parte das festas religiosas no país, os costumes indígenas se fundiram aos dos padres jesuítas portugueses, resultando em uma celebração mais próxima do que se vê hoje em dia. De um lado, a homenagem aos santos, do outro a abundância de comidas e bebidas, muitas das quais estão associadas aos pratos típicos brasileiros, como o milho, a mandioca, o amendoim e a batata-doce. Já os portugueses agregam a pipoca, o bolo de fubá e o quentão, entre outras.

4

Já as roupas caipiras que são marca registrada da festa refletem o Brasil do século 20, quando mais de metade da população brasileira vivia na zona rural. Enquanto isso, a quadrilha é uma dança de origem francesa, em que os pares fazem alegres sequências coreografadas de movimentos. Enquanto isso, a fogueira, que está em todas as festas juninas, remete ainda aos costumes pagãos, embora também haja uma justificativa cristã. Nela, a mãe de São João Batista, Santa Isabel, falou para a Virgem Maria que acenderia uma fogueira para informá-la do nascimento do seu filho.

5

Mesmo sendo uma festa nacional, cada região do país incrementa a comemoração com algumas particularidades, como é o caso da música. Dessa forma, costuma-se tocar os sons tradicionais de cada lugar. No nordeste brasileiro é onde acontecem as maiores festas juninas, sendo que nos seus estados as composições mais presentes são do sanfoneiro pernambucano Luiz Gonzaga, enquanto na região sudeste costuma-se ouvir muito os compositores João de Barro, Lamartine Babo e Adalberto Ribeiro.

Como surgiram as festas juninas - Passo 5
6

Por fim, não se pode deixar de lado as simpatias que são tão repetidas nessa época do ano. A maioria delas é para Santo Antônio, o mais requisitado pelas moças solteiras. Os balões que marcam a decoração das festas juninas também possuem caráter religioso, uma vez que se acredita que eles levam os pedidos para São João.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como surgiram as festas juninas, recomendamos que entre na nossa categoria de Festas e Celebrações.

Escrever comentário sobre Como surgiram as festas juninas

O que lhe pareceu o artigo?

Como surgiram as festas juninas
1 de 3
Como surgiram as festas juninas

Voltar ao topo da página