Partilhar

Como não ser roubado no Carnaval

 
Por Paula Cassandra. Atualizado: 17 janeiro 2017
Como não ser roubado no Carnaval

As festas de Carnaval que acontecem em todo o Brasil reúnem milhares de pessoas, na maioria das vezes, em locais públicos. Por isso, além de cair na folia e se divertir é muito importante saber como não ser roubado no Carnaval, caso contrário, a sua festa pode apenas causar muita dor de cabeça. Mesmo que os furtos sejam bem frequentes em grandes eventos, é possível sim se prevenir de ter os seus objetos pessoais e dinheiro roubados. Para saber como, confira as dicas que o umCOMO tem para dar a respeito desse assunto.

Também lhe pode interessar: Como beber de graça no carnaval
Passos a seguir:
1

A primeira dica para não ser roubado no Carnaval é bastante óbvia e mesmo assim deve ser relembrada, porque, muitas vezes, é um dos motivos para que os furtos aconteçam, ou seja, estar atento. Mesmo que ao cair na folia você esteja se divertindo com os seus amigos, é importante estar de olho no que ocorre ao seu redor. Na maioria das vezes, o que acontece é a pessoa nem perceber que furtaram os seus objetos pessoais ou dinheiro, porque os ladrões costumam ser sorrateiros e agir justamente quando percebem que a vítima está desatenta.

Como não ser roubado no Carnaval - Passo 1
2

Outra forma de evitar furtos e roubos é não ostentar objetos que possam interessar os assaltantes, como joias, relógios e, principalmente, celulares e smartphones, os quais estão no topo da lista de objetos mais roubados em grandes eventos, como no Carnaval. No caso dos aparelhos móveis, eles devem estar bem guardados em sua bolsa ou bolso e devem ser usados apenas quando realmente necessário. O mesmo serve para a carteira, assim, não é recomendado que ela fique no bolso de trás da calça, onde costuma ficar bastante visível e, desse modo, um prato cheio para as pessoas mal intencionadas.

3

O melhor mesmo é que os foliões não carreguem bolsas e nem carteiras. Para evitar o uso de bolsa, o melhor é estar apenas com o essencial, como carteira de identidade e o dinheiro que vai ser usado na festa. No caso do RG, você pode levar uma cópia do seu documento, assim, evita a perda do original, o que pode causar muita dor de cabeça. Já o dinheiro pode ser colocado em um bolso, por isso, o ideal é usar calças e bermudas com bolsos discretos e mais fundos. Outra dica quanto ao dinheiro é separá-lo e colocá-lo em diferentes bolsos. Assim, quando tiver que pegá-lo não deixará à vista todo o valor que você carrega. Os mesmos cuidados devem ser usados ao levar cartões de crédito ou débito, embora o recomendado seja apenas levar o dinheiro que pretende gastar, ainda mais a quem pular o Carnaval de rua.

4

Mesmo que os smartphones sejam bastante visados pelos ladrões, em geral, é importante estar com um dispositivo móvel, para fazer uma ligação de emergência, se necessário. Nesse sentido, uma dica é usar o chip do aparelho em um modelo mais simples, como um celular básico. Além desses modelos serem menos roubados, se ele for furtado, o seu prejuízo é menor. Outra dica para não chamar a atenção dos assaltantes é deixar o seu celular no modo vibratório, bem como não colocar o aparelho em cima da mesa em restaurantes e bares e evitar atender as ligações na rua, prefira entrar em um estabelecimento. Faça o mesmo ao ter que ligar pra alguém.

5

Também é importante ter cuidado na hora de transitar pelas ruas durante a festa. Nesse caso, não é recomendado que as pessoas permaneçam sozinhas, o melhor é sempre andar para lá e para cá acompanhadas dos amigos e, de preferência, em grupos, os quais estão menos suscetíveis de serem atacados por assaltantes. É aconselhado ainda que o grupo de amigos combine um local de encontro se alguma pessoa se perder dos demais e, mesmo em grupos, evitar os locais mal iluminados. O cuidado é redobrado quando se está sozinho, sendo que se você perceber que alguém está o seguindo o melhor é entrar em um estabelecimento comercial e aguardar alguns minutos.

6

Mesmo se tratando do Carnaval, um momento de muita diversão, é indicado que as pessoas não falem com estranhos, ainda mais se estiverem sozinhas e que nem pensem em aceitar bebidas de desconhecidos. Elas podem conter drogas que façam a vítima perder os sentidos e, além de ser roubada, pode ser vítima de outros crimes, como abuso sexual.

Como não ser roubado no Carnaval - Passo 6
7

O trajeto até a festa de Carnaval e de volta para casa também merece muita atenção. Já que as pessoas costumam beber álcool ao cair na folia o recomendado é usar o transporte coletivo, quando possível, ou mesmo dividir um táxi com os amigos. Além de evitar acidentes por conta do consumo de bebidas alcoólicas, estar de carro é um chamarisco a mais para os assaltantes, ainda mais durante o Carnaval, quando o trânsito está mais complicado do que o de costume e, muitas vezes, os motoristas acabam estacionando em locais pouco seguros. Mas se alguém do grupo se propõe a não beber para usar o veículo, é mais seguro colocar o carro em estacionamentos privados de confiança e mesmo assim não deixar dentro do carro objetos visíveis. Já quem usar o transporte coletivo deve se manter atento mesmo dentro do ônibus, sem deixar os seus objetos de valor à mostra. Uma dica é sentar-se mais próximo do motorista.

E se mesmo com todos esses cuidados, você acabar sendo roubado aprenda a como fazer um B.O. na delegacia neste outro artigo.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como não ser roubado no Carnaval, recomendamos que entre na nossa categoria de Festas e Celebrações.

Escrever comentário sobre Como não ser roubado no Carnaval

O que lhe pareceu o artigo?

Como não ser roubado no Carnaval
1 de 3
Como não ser roubado no Carnaval

Voltar ao topo da página